Azia → Descubra Como Prevenir e Tratar Sem Usar Remédio

Olá, aqui é o Dr. Rocha falando mais uma vez. No artigo de hoje irei falar de maneira bastante detalhada e explicativa sobre o problema de saúde chamado Azia.

 

Você sabe o que é Azia?

O que é Azia?Ela é uma sensação bastante incômoda de queimação que ocorre na parte de trás do esterno – osso localizado na região central de nossas costelas. Esse problema de saúde normalmente se apresenta como dor ou ardência que se irradia pela garganta, pescoço e até mesmo pelo peito.

Os episódios podem ocorrer de maneiras ocasionais ou então frequentes, podendo interferir de modo direto na rotina e principalmente na qualidade de vida do paciente que apresenta esse tipo de problema.

De acordo com dados da OMS – Organização Mundial da Saúde, cerca de 20 milhões de brasileiros sofrem com algum grau de azia diariamente após terminar suas refeições. Esse número que já é alto pode ser ainda maior, uma vez que a maioria das pessoas que enfrentam o problema dificilmente procura um especialista para saná-lo.

A postergação do tratamento pode gerar sérias consequências à saúde.

Causas

A azia é causada basicamente pelo refluxo do ácido gástrico (o ácido presente no nosso estômago) que é responsável por realizar a digestão dos alimentos.

Esse refluxo ocorre basicamente pelo mau funcionamento do esfíncter esofágico, uma válvula localizada no esôfago. Ele se abre para o alimento passar e logo em seguida se fecha para que o alimento seja digerido corretamente.

Quando algum alimento entra no estômago, o esfíncter esofágico se fecha e o conteúdo do estômago pode voltar para o esôfago. Esse movimento de retorno é chamado de refluxo.

Esse material parcialmente digerido normalmente irrita o esôfago, podendo provocar uma série de sintomas maléficos à saúde. Entre os principais desses sintomas, está a azia.

Os quadros de refluxo/azia tendem a ser mais severos quando a pessoa deita ou se inclina após as refeições.

Principais Sintomas

Por se tratar de um problema de saúde bastante específico, a azia possui sintomas um tanto quanto clássicos que facilitam o diagnóstico do médico.

Dentre os principais sintomas desse problema de saúde estão:

  • Sensação de ardor ou dor no peito;
  • Sensação de ardência no fundo da boca;
  • Sensação de queimação na garganta;
  • Dor de estômago logo após as refeições;
  • Desconforto na porção superior do abdome;
  • Dor que irradia do estomago até a garganta;
  • Regurgitações;
  • Gosto amargo ou azedo na boca;
  • Náuseas;
  • Sensação de empachamento após as refeições, mesmo tendo ingerido pouca quantidade de comida.

Fatores de Risco

cebolaA exemplo do que ocorre com outras doenças, a azia também possui alguns fatores de risco que podem colaborar para o seu surgimento. Um dos principais fatores de risco para o surgimento desse problema de saúde é a hérnia de hiato.

A hérnia de hiato é uma doença onde parte do estômago se projeta para o interior da cavidade torácica. Isso enfraquece o esfíncter esofágico e facilita a volta do ácido estomacal para o esôfago, resultando assim, na azia.

A utilização de medicamentos de maneira excessiva e a gravidez também podem causar ou intensificar os quadros.

Além disso, por ser uma doença de cunho estomacal, o consumo de determinados alimentos também pode colaborar para o surgimento do problema. Dentre os alimentos que são considerados como fator de risco para gastroenterologistas e nutricionistas estão:

 

Diagnóstico

Como citei anteriormente, essa doença é relativamente fácil de ser diagnosticada. Porém, em determinados casos ela pode ser confundida com algum outro tipo de problema estomacal.

Sendo assim, para um diagnóstico claro e preciso é bastante comum que gastroenterologistas solicitem que os pacientes preencham um formulário especifico de questionamentos e também o submetam aos seguintes exames específicos:

Motilidade esofágica – exame que mede a pressão e o bom funcionamento do esfíncter esofágico;

Endoscopia digestiva – exame de imagem onde uma câmera é levada até o final do esôfago e começo do estômago para avaliar alguma anormalidade na anatomia da região.

Tratamento

O tratamento da azia pode incluir a utilização de determinados medicamentos. Porém, profissionais da saúde garantem que apenas o uso de fármacos não é a melhor maneira de solucionar o problema.

Além de medicamentos, o tratamento da azia é bastante comportamental e consiste basicamente em:

  • Mudar hábitos alimentares;
  • Alimentação em horários pré-estabelecidos;
  • Comportamento após as refeições.

Mudar hábitos alimentares

Mudanças alimentares Mudanças alimentares são as que surtem mais efeito para o tratamento deste problema de saúde. Mastigar os alimentos por um maior período de tempo facilita a digestão. Com isso, menores quantidades de ácido clorídrico são secretadas no estômago, diminuindo assim a intensidade do problema.

Além disso, ingerir líquidos durante as refeições (principalmente refrigerantes) faz com que o ácido clorídrico seja repelido do bolo alimentar. Tal fato aumenta as chances de refluxo e consequentemente de azia.

Adote hábitos saudáveis como uma alimentação realmente estratégica. Eu dou várias dicas sobre isso no portal Dr. Rocha com Você. Cadastre-se no botão abaixo para ter acesso agora mesmo.

 

Comportamento após as refeições

Deitar-se ou então se exercitar após as refeições potencializam as chances de refluxo e azia. Por isso, é importante esperar pelo menos duas horas para praticar atividades físicas e pelo menos uma hora para se deitar após comer.

Alimentação Estratégica é de Grande Ajuda

Existem alimentos que são considerados fatores de risco para o desenvolvimento da azia. Evitá-los é uma ótima maneira de controlar/evitar a doença.

Além disso, alimentos com gorduras de má qualidade, frutas cítricas e alimentos ricos em carboidratos devem ser evitados por quem possui azia, pois esses alimentos podem irritar a mucosa estomacal, aumento o risco de piora da doença.

Gorduras de qualidade como ômega 3 e proteínas de alto valor biológico são fundamentais para a saúde do nosso estomago e devem ser ingeridos com frequência por portadores da doença.

Quando utilizados de modo correto e adequado, os alimentos são capazes de transformar nosso organismo. Adote uma alimentação estratégica e colha todos os benefícios.

Eu vou ficando por aqui!

Me despeço desejando saúde, paz, felicidade e sorte.

Gostou do artigo de hoje? Curta, comente e compartilhe.

Um forte abraço e até a próxima.

Dr. Rocha

The post Azia → Descubra Como Prevenir e Tratar Sem Usar Remédio appeared first on Dr. Rocha : Sua Saúde em Primeiro Lugar.

Via