Como e quando consumir spirulina para que seja mais eficaz?

Muitas pessoas passaram a consumir spirulina como suplemento nutricional ou superalimento para aumentar a ingestão de vitaminas e minerais de maneira simples e natural.

Descubra quais propriedades esta alga oferece para a nossa saúde, assim como quando e como devemos consumi-la para que seja mais eficaz.

O que é a spirulina?

A spirulina é uma alga verde azulada que pode ser encontrada em águas de pouca salinidade, alcalinas e quentes. Seu nome tem origem em sua curiosa estrutura em forma de espiral, apesar de seu nome científico ser Arthrospira.

É um dos alimentos mais completos e nutritivos, o que a NASA já demonstrou em 1988 ao adicionar a spirulina na dieta dos astronautas.

Os astecas, por exemplo, também a consumiam para aumentar sua resistência quando tinham que fazer esforços importantes. É, também, um excelente suplemento para atletas.

Valores nutricionais

Spirulina

Graças aos seus excelentes e completos valores nutricionais, consumir spirulina é uma forma interessante de tratar todo tipo de déficits, assim como para melhorar alguns transtornos.

Repassamos sua valiosa composição:

  • Uma das melhores fontes vegetais de proteína de alto valor biológico e de boa digestibilidade. Tem uma porcentagem de 65% a 70% de proteína.
  • Rica em clorofila, o pigmento verde que se destaca por seu grande poder desintoxicante.
  • Rica em vitaminas do grupo B, C, D e E.
  • Contém minerais como o potássio, o selênio, o cobre, o manganês, o magnésio, o fósforo e o zinco.
  • Contém enzimas digestivas.
  • Destaca-se por suas virtudes antioxidantes (graças aos seus pigmentos naturais): clorofila, carotenoides e ficocianinas.
  • 7% de seu teor são ácidos graxos essenciais.

Propriedades para a saúde

Como consumir spirulina?

A seguir vamos enumerar as propriedades curativas que consumir spirulina pode trazer para a nossa saúde:

  • Facilita a perda de peso, por isso é recomendada em dietas saudáveis de emagrecimento. Isso se deve ao seu poder saciante e ao fato de que ativa o metabolismo e, portanto, a queima de gorduras.
  • Favorece uma flora bacteriana saudável e regula e limpa os intestinos.
  • Reduz as inflamações.
  • Melhora as dores articulares.
  • Previne a osteoporose.
  • Previne e combate a anemia sem a necessidade de ter que tomar suplementos de ferro.
  • Tem um alto poder depurativo, ou seja, favorece a eliminação natural das toxinas que se acumulam em nosso organismo e nos causam doenças.
  • Melhora nossos níveis de energia e vitalidade ao mesmo tempo em que reduz a fadiga e o estresse.
  • Melhora a concentração e a memória.
  • Favorece a digestão.
  • Favorece o sistema imunológico e acelera o processo de recuperação.
  • Suas propriedades antioxidantes nos ajudam a prevenir o envelhecimento a nível externo, mas também celular, do dano progressivo que os radicais livres, o passar dos anos, o estresse, etc. causam.
  • Melhora a função dos rins.

Como e quando consumir spirulina?

Benefícios da spirulina

A maneira e o momento de consumir spirulina dependem dos objetivos que queremos atingir:

  • Se quisermos perder peso, tomaremos a spirulina meia hora antes de cada refeição com um copo de água. Deste modo, a alga produz um efeito saciante natural que nos ajuda a comer menos sem passar fome.
  • Se quisermos ganhar peso, tomaremos a spirulina bem depois da refeição, junto com a sobremesa.
  • Como tratamento específico para um transtorno: em jejum, meia hora antes de ingerir algum alimento.
  • Como suplemento nutricional, tomaremos em sucos verdes preparados com frutas e vegetais.

Recomendamos escolher uma spirulina de boa qualidade, se possível orgânica, para evitar que contenha componentes prejudiciais para a saúde, já que as algas têm um alto poder absorvente.

Dose recomendada

Suco verde com spirulina

Podemos tomar a spirulina em pó, misturada com água ou com alimentos, em cápsulas ou comprimidos.

A dose comum para começar é de 500 mg ou 1 g, de 1 a 3 vezes por dia. Porém, podemos aumentar esta dose de forma gradual, atentos à reação de nosso organismo, e melhor, sob a supervisão de um profissional.

É importante começar com uma quantidade baixa pelo alto poder depurativo desta alga, que poderia causar alguns incômodos como sintomas curativos (dor de cabeça, transtornos intestinais, etc.).

Por este motivo também se recomenda beber muita água durante o tratamento, pelo menos um litro e meio por dia, separado das refeições.

Esta publicação Como e quando consumir spirulina para que seja mais eficaz? aparece primero em Melhor Com Saúde.

Via