Diclofenaco → É Eficaz para Dor? Resposta Surpreendente!

Olá aqui é o Doutor Rocha. No artigo de hoje irei falar sobre um medicamento chamado de Diclofenaco potássico.

Antes de mais nada, gostaria de dizer que todo o conteúdo a seguir possui caráter apenas informativo. Antes de fazer uso sempre consulte um médico.

 

Vamos falar de Diclofenaco Potássico.

remédioO diclofenaco potássico é um medicamento utilizado para tratamento de dores e condições inflamatórias que podem acometer qualquer pessoa. Ele pode ser comercializado sob a forma de comprimidos, pomada, gel, aerossol, supositórios e injetável.

Como o nome já diz, o princípio ativo do medicamento é o diclofenaco potássico.

Pode ser encontrado com diferentes nomenclaturas, como:

  • Ambia;
  • Cataflam;
  • Diclac;
  • Diclo;
  • Voltaren;
  • Zorvolex;
  • Zipsor

Esse medicamento pertence ao grupo dos anti-inflamatórios não esteroides (AINES) que são utilizados para o tratamento de dores e inflamação. Ele tem poder de aliviar os sintomas da inflamação, tais como dores e inchaços. Ainda, bloqueia o funcionamento das prostaglandinas, responsáveis pela inflamação, dor e febre.

Formas de Uso

  • Uso tópico – aplicar 1 centímetro do fármaco sobre a área afetado e/ou então lesionada de 2 a 3 vezes por dia, friccionando suavemente o local da dor;
  • Uso oral – ingerir entre 100 a 150 mg por dia em intervalos de 8 e/ou então 12 horas, evitando ultrapassar a dose máxima diária de 200 mg;
  • Uso retal – utilizar 50 mg 3 vezes por dia, não ultrapassando a dose máxima diária de 150 mg;
  • Uso injetável – utilizada normalmente em ambiente hospitalar e/ou então farmacêutico apenas uma vez por dia, respeitando a dose máxima de apenas 150 mg diariamente.

Após a administração do medicamento, os efeitos já podem ser sentidos de modo rápido num intervalo entre 15 e 30 minutos.

Indicações de Uso

O diclofenaco potássico é indicado basicamente para o tratamento a curto prazo das seguintes condições de saúde:

  • Entorses, distensões e demais lesões;
  • Dores e inflamações após procedimentos cirúrgicos;
  • Condições inflamatórias e doloridas em ginecologia, incluindo cólicas e períodos menstruais;
  • Dores nas costas, síndrome do ombro congelado, cotovelo de tenista e demais tipos de reumatismo;
  • Dores de ouvido;
  • Dor de garganta;
  • Sinusite

Efeitos Colaterais

O diclofenaco possui efeitos colaterais, assim como qualquer outro medicamento. Entre eles está:

  • Enjoo,
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia;
  • Dores abdominais;
  • Prisão de ventre;
  • Perda de sangue nas fezes;
  • Insônia;
  • Dor de cabeça;
  • Alergias realçadas por coceiras, vermelhidões e erupções cutâneas;
  • Sonolência;
  • Dificuldade de concentração;
  • Falta de ar. 

Alternativa Natural

Devemos optar por alternativas naturais para tratarmos problemas de saúde e para diminuir os efeitos colaterais que os medicamentos podem causar a nossa saúde. Isso também é totalmente possível no caso de inflamações e dores.

A primeira alternativa a ser adotada é praticarmos uma alimentação saudável. Junto a isso, fazer atividades físicas de modo frequente e constante forma o casamento ideal conquistar a saúde plena.

Além disso, facilita o funcionamento de neurotransmissores impedindo a ação das prostaglandinas responsáveis pelo sentimento de dor. Uma alimentação de qualidade e a prática de atividade física são capazes de diminuir o estresse. Minha última sugestão é associar a estar práticas o consumo de fitoterápicos.

Estou falando de tratamento com suplementos naturais para turbinar a sua saúde. Agora, é fundamental conhecer a forma correta de utilizar esses suplementos. Muita informação errada circula pela internet. Para ajudar você eu criei um portal chamado viver Nature.

O Viver Nature é um verdadeiro guia que vai ajudar você a se tratar sozinho e manter a sua saúde nota 10. Cadastre-se aqui para receber todas essas informações agora mesmo.

 

Contraindicações

O diclofenaco potássico é contraindicado nas seguintes situações:

  • Mulheres grávidas;
  • Mulheres que estejam tentando engravidar;
  • Mulheres que estejam em período de amamentação;
  • Pessoas com gastrite;
  • Pessoas com úlceras duodenais ou estomacais;
  • Pessoas com porfiria aguda;
  • Pessoas que apresentem alergias a quaisquer componentes presentes na fórmula do fármaco.

período de amamentaçãoÉ importante dizer que nenhum medicamento deve ser utilizado sem indicação médica. A automedicação é uma prática perigosa que traz sérios riscos à nossa saúde.

Eu vou ficando por aqui.

Se você possui alguma dúvida ou experiência com o uso desse medicamento deixe seu comentário. Vamos utilizar esse espaço para a troca de informações de qualidade.

Me despeço desejando saúde, paz, felicidade e sorte.

Um Forte abraço e até a próxima!

Dr. Rocha.

The post Diclofenaco → É Eficaz para Dor? Resposta Surpreendente! appeared first on Dr. Rocha : Sua Saúde em Primeiro Lugar.

Via