Rinite → Previna os problemas alérgicos com um método simples e natural

Olá, aqui é o Dr. Rocha. No artigo de hoje irei falar sobre uma doença bastante conhecida que incomoda crianças, adolescentes, adultos e idosos: a Rinite.

 

O que é

o que é riniteA rinite é uma reação imunológica do organismo contra partículas que são consideradas estranhas. Essas partículas são chamadas de alergênicos. O nariz é uma das principais portas de entrada para o ar e para as substâncias que são carregadas por ele. A função do nariz é justamente filtrar as impurezas antes que elas alcancem os pulmões.

Uma pessoa alérgica tem reação exacerbada aos agentes alergênicos. Dessa maneira, o sistema imunológico age de modo intenso a essas substâncias estranhas tentado defender o organismo.

No momento de crise a pessoa apresenta quadros de espirros, coceira no nariz, coriza e até mesmo obstrução nasal.

Diferentes Tipos

Embora muita gente não saiba, a rinite pode ser de duas maneiras:

  • Alérgica;
  • Não-alérgica.

A seguir mostrarei a diferente entre esses dois tipos da doença.

Rinite alérgica

Essa é a forma mais comum. Normalmente ela é causada por algum alergênico presente no ar, a determinado produto químico e até mesmo pelo uso de medicamentos.

Rinite não-alérgica

É conhecida como rinite vasomotora. Ela normalmente é causada por algum tipo de inflamação que não decorre diretamente de processos alérgicos, ou seja, ela pode ocorrer por problemas anatômicos das vias nasais.

Principais Causas

Dentre as principais causas da rinite podemos destacar:

  • Determinados alimentos como: ovos, crustáceos, amendoim, leite e trigo;
  • Poeira;
  • Ácaros;
  • Drogas e substâncias químicas;
  • Vírus;
  • Bactérias;
  • Fungos;
  • Infecções do trato respiratório;
  • Pelos de animais;
  • Inspiração de ar frio;
  • Fumaça do cigarro;
  • Utilização de determinados medicamentos;
  • Realização de atividades físicas;
  • Estado emocional;
  • Profissão: padeiros, cozinheiros e veterinários, entre outros;
  • Pólen.

Principais Sintomas

Assim como acontece com uma série de doenças, a rinite possui sintomas bem característicos. Isso ajuda o médico identificar rapidamente o problema.

Dentre os principais sintomas que o paciente com rinite alérgica apresenta eu cito:

  • Irritação no nariz, olhos, garganta, boca e na pele ao redor do nariz;
  • Sensibilidade a odores fortes;
  • Coriza nasal, ou seja, saída abundante de secreção nasal com aspecto aquoso, seja de maneira constante ou através de leve gotejamento.
  • Espirros frequentes após o estado alérgico;
  • Olhos lacrimejantes;
  • Obstrução nasal, obrigando o paciente a respirar através da boca;
  • Rouquidão;
  • Ocorrência de sinusite;
  • Coceira no nariz.

Além disso, com a acentuação dos sintomas que acabei de mostrar, outros sintomas característicos tendem a surgir. São eles:

  • Congestão nasal;
  • Diminuição da audição, olfato e em casos mais severos do paladar;
  • Dor de garganta;
  • Tosse;
  • Olheiras;
  • Olhos inchados;
  • Dor de cabeça;
  • Irritabilidade;
  • Cansaço.

Diagnóstico

Por ter sintomas bastante característicos, o diagnóstico é facilmente realizado pelo médico através de um exame clínico realizado no consultório.

Alguns exames sanguíneos podem ser realizados com a finalidade de descobrir qual é o agente desencadeante do processo alérgico que resulta em pioras do quadro de rinite.

Tratamento

O tratamento para rinite pode ser realizado de três maneiras diferentes. São elas:

  • Higiene ambiental;
  • Medicamentos;
  • Vacina

A seguir falarei sobre cada um desses tipos de tratamento.

Higiene ambiental

A maneira mais simples de prevenir as crises de rinite é evitando o contado com substâncias que podem desencadear o problema. Porém, isso nem sempre é simples. Objetos domésticos como carpetes, cortinas, tapetes e livros tendem a armazenar poeira e ácaros, piorando assim os quadros da doença.

Além disso, os ambientes devem ser mantidos sempre ensolarados e bem ventilados. Higienizar os ambientes com pano úmido, evitando a utilização de produtos de limpeza com odores fortes e uso de inseticidas é uma ótima forma de controlar a doença.

 

Medicamentos

medicamentosMedicamentos como antialérgicos, descongestionantes nasais e também corticoides são utilizados para o tratamento de rinites.

Normalmente corticosteróides aplicados diretamente no nariz são prescritos por otorrinolaringologistas para serem usados por longos períodos de tempo com o objetivo de melhorar a respiração e evitar futuras crises.

É importante lembrar que a utilização de medicamentos só deve ocorrer mediante recomendação médica, além de poderem causar efeitos colaterais indesejados.

Vacina

Vacinas antialérgicas também podem ser utilizadas como tratamento para casos onde não houve melhora da situação da saúde ou então não é possível evitar o contato com agente causador da alergia.

A utilização de vacinas consiste na aplicação de injeções ou gotas sublinguais com quantidades controladas do princípio ativo para que o organismo deixe de ser hiper-reativo a ela. O objetivo desse tipo de tratamento é reduzir ou amenizar as crises.

Alternativas Naturais também podem ser utilizadas

Uma alternativa é o uso de compostos naturais conhecidos como fitoterápicos, onde seus princípios ativos são retirados de maneira natural de plantas medicinais e/ou então de alimentos funcionais. Mostrarei a seguir alguns exemplos que podem ser utilizados.

Tomilho e eucalipto

Ambas as plantas podem ser utilizadas como óleos essenciais em inalações, facilitando a abertura das vias áreas dos pacientes com rinite.

AlcaçuzAlcaçuz

Trata-se de um arbusto bastante utilizado na cultura ocidental. Possui propriedades anti-inflamatórias. Há médicos chineses que o considera um corticoide natural. Além de suas capacidades de desinflamação, é poderoso no combate à tosse. Pode ser utilizado como infusão, extrato ou pastilhas.

Chá verde

chá verde é uma bebida poderosa, pois evita a produção de histamina pelo organismo, o que diminui de maneira efetiva os quadros de rinite.

Cúrcuma

Também conhecida como açafrão, é um poderoso alimento antioxidante e anti-inflamatório que bloqueia a imunoglobulina, prevenindo os sintomas de alergia. Pode ser utilizada in natura, no tempero de alimentos ou até mesmo no interior de cápsulas.

Embora muitas pessoas não acreditem as alternativas naturais, em determinadas situações podem ser mais poderosas do que a utilização de medicamentos clássicos.

Eu vou ficando por aqui!

Se você gostou do nosso artigo, curta compartilhe e deixe um comentário.

Despeço-me desejando paz, felicidade e sorte.

Um forte abraço e até a próxima.

Dr. Rocha.

The post Rinite → Previna os problemas alérgicos com um método simples e natural appeared first on Dr. Rocha : Sua Saúde em Primeiro Lugar.

Via